sábado, 7 de junho de 2014

Astrea e Pureza

 
 
ASTREA
Astrea é o Elohim do Quarto Raio. Seu complemento divino é Pureza. Veja mais sobre os Elohim aqui. Assim como os Arcanjos e os Mestres Ascensos, cada Elohim tem seu trabalho específico. No caso de Astrea e Pureza, esse trabalho está relacionado com a purificação do plano astral inferior da Terra. Para realizar isso, Eles usam o Anel Cósmico e a Espada de Chama Azul para libertar-nos de tudo o que se opõe ao cumprimento do nosso plano divino. Astrea personifica o conceito hindu de Kali,  “a destruidora de demônios”. 
 

O QUE É O PLANO ASTRAL 

 

O homem tem sete corpos. Veja sobre este assunto aqui.  Semelhantemente, a Terra também tem sete corpos. Os nomes dos corpos pode variar entre os autores e as escolas, mas sempre dizem respeito a  níveis de consciência bem definidos. Os três corpos superiores são perfeitos e cada qual cumpre sua função no todo. Os quatro corpos inferiores são imperfeitos e estão em processo de purificar-se e desvencilhar-se dos seus aspectos inferiores. Os quatro corpos inferiores são: etéreo, mental, emocional e físico; eles tem matéria, em níveis diferentes de densidade.

 

O plano emocional é também conhecido como plano astral ou plano psíquico. Tem dois níveis: superior e inferior. Cada nível tem 33 sub-níveis. Hoje, o plano emocional da Terra está mais ativo no nível inferior.

 

O plano astral inferior abriga as emoções inferiores da humanidade e, portanto, pode-se imaginar facilmente o quanto ele é denso. Essas emoções inferiores coletivas formam uma espécie de nuvem de degradação, maldade, de substância pegajosa, que fica pairando sobre as cidades, pessoas e lugares. É muito comum as pessoas “pegarem” em suas auras essas energias densas e se sentirem “pesadas”, sonolentas, confusas e com a mente lerda, por exemplo.

 

Após a morte, muitas almas acabam ficando neste plano, sem conseguir seguir para planos superiores. Portanto, o plano astral inferior também abriga muitos desencarnados em situação espiritualmente difícil, que passam a vagar em grandes grupos sobre a Terra, criando ilhas de confusão, trevas e influências negativas e isso tudo pode afetar a humanidade.

 

O plano astral é também habitado pela “entidade das massas”, ou entidade coletiva. As entidades de massa são campos de força de energias humanas mal-qualificadas. São um produto das criações dos pensamentos e sentimentos da humanidade. Essas entidades são formadas pela acumulação de momentuns de ódio, violência, guerra, avareza, assassinatos, fofoca, etc. São ilhas de escuridão e flutuam no plano astral. Podem ser tão grandes como uma cidade e são bastante letais. Forças diabólicas dirigem esses bolsões de trevas contra pessoas desprevenidas. Atos criminosos diagnosticados como insanidade temporária, algumas vezes, são produzidos quando os vórtices desse tipo de energia são focalizados sobre as auras de pessoas desprevenidas ou negativas. Estas pessoas ficam vulneráveis devido à sua receptividade para com vibrações nocivas ou à sua falta de defesa contra as mesmas.

 

Os Mestres Ascensos explicam que o contato com plano astral parece inofensivo, mas que é a origem de 90% das aberrações da humanidade. E que a aliança com o plano astral muitas vezes vem pelo desejo que as pessoas tem de se associarem ao mundo invisível, sem que percebam  que o plano invisível tem muitos níveis e muitos desses níveis não são puros nem luminosos. Astrea atua justamente neste plano. Seu trabalho é purificar o plano astral. Ela tem um Círculo e uma Espada feitos de luz, que Ela usa para promover a requalificação das energias inferiores. 

 

O CÍRCULO E A ESPADA DE ASTREA 

 

O Circulo de Astrea é feito de um fogo azul e branco deslumbrante, que oscila como dois anéis concêntricos: o azul de Astrea e o branco de Pureza. Esses anéis vibram com extrema rapidez, em alta frequência, num intercâmbio entre o branco e o azul. São anéis feitos de matéria espiritual de elevada vibração, de fogo intermitente, com chamas cortantes e regulares, quase geométricas. O Anel de Astrea apresenta intensos relâmpagos azuis e brancos de ação centrífuga. Pode ter tamanhos variados: quando sua ação está sobre uma pessoa, seu diâmetro é menor, em torno de 3 metros; quando está sobre uma casa, será maior que a casa e quando está sobre uma cidade, será muito grande. O Anel de Astrea pode envolver cidades, regiões, mares, continentes e a Terra inteira.

 

A Espada de Astrea atua associada ao Anel. A Espada é um pilar de fogo azul que atua perpendicular ao Círculo. Pode ser visualizada vibrando com intensa frequência, emanando raios de luz em intensa vibração. Quando está agindo sobre uma pessoa, a Espada é colocada paralelamente à coluna vertebral, em torno de cinco centímetros da sua coluna. Essa ação gera uma purificação rápida e eficaz das energias inferiores que estão alojadas na aura, como se, ao aproximar-se, as afugentasse da coluna e do corpo da pessoa, provocando grande liberação de cansaço, de peso, de sentimentos e energias inferiores. 

 

COMO É A AÇÃO DO CÍRCULO E DA ESPADA DE ASTREA 

 

Quando nós a invocamos, Astrea vem imediatamente e coloca o Anel em volta do nosso corpo e ele movimenta-se para cima e para baixo, rapidamente. O Anel atua como uma serra cortante, que emite relâmpagos faiscantes de ação centrífuga. A ação do Anel e da Espada retira camadas e mais camadas de discórdias, desmagnetiza as energias inferiores que estiverem alojadas na aura, as energias que foram enviadas para nós - como a inveja e o ódio, desfaz a magia negra que porventura tiver nos vitimado, retira demônios e entidades obsessoras e todo tipo de escuridão e de maldades que tenham sido feitas contra nós. Girando, subindo e descendo, em grande velocidade, da cabeça aos pés, o Anel de Astrea vai estilhaçando tudo o que está abaixo da perfeição.

 

As energias inferiores são desalojadas quando o Anel e a Espada atuam. E as legiões que trabalham com Astrea as levam para serem requalificadas. E, no caso dos demônios, eles são atados e levados a julgamento nos planos superiores. É um verdadeiro exorcismo, o que acontece quando invocamos Astrea. A ação do Anel e da Espada retira essas energias dentro, através, e em torno da causa e do núcleo de cada pessoa, lugar ou circunstância, desprendendo, desgrudando e libertando-nos delas.

 

Astrea ensina-nos que, em decorrência do baixo padrão manifestado pela humanidade nos dias atuais, e porque a energia planetária está extremamente densa, a ação de Seu Anel e de Sua Espada dura vinte e quatro horas, o que exige que façamos os chamados, as invocações e os decretos a cada dia, todos os dias. Isso nos traz uma purificação diária, evita que as energias inferiores se alojem e grudem em nós, já que são retiradas, tão logo apareçam.

 

Astrea também atua sobre o morador do umbral pessoal e planetário. Os sentimentos e pensamentos inferiores que emitimos e que se mantiveram na nossa aura podem ser dissolvidos pela ação de Astrea. E também problemas em geral, principalmente quando esses problemas tem como causa a impregnação de energias negativas na nossa aura e na nossa vida. A depressão, a melancolia, a gula, a dominação mental e emocional, a escravidão psíquica, o mau humor, influências lunares, o medo constante, a discórdia, ansiedade, tensão, irritação, tendências de auto-destruição e outras coisas do tipo são retiradas, desfeitas, desgrudadas de nós, quando fazemos o decreto de Astrea. Podemos invocar a ação do Anel e da Espada de Astrea para que atue na causa e no efeito de todas essas coisas e também em todos os registros referentes a elas e que estiverem espalhados por onde andamos e atuamos.

 

Podemos descontaminar objetos que forem importantes para nós e lugares que foram impregnados por obras de bruxarias, por meio do decreto de Astrea. Em alguns casos, o melhor é queimar tais objetos, enquanto chamamos Astrea para atar e dar a cada energia que se desprender deles o devido tratamento. O Anel e a Espada de Astreá são o antídoto para todas as impregnações do plano astral que tiverem turvado nossa consciência, causado prejuízos na nossa vida e impedindo-nos de realizar nosso plano divino. 

 

COMO FAZER O DECRETO DE ASTREA 

 

Astrea orienta-nos para fazer o decreto diariamente. Mas, para termos um efeito mais decisivo, principalmente quando percebemos que fomos atingidos pela energia do plano astral inferior, é necessário fazer o decreto muitas vezes e durante alguns dias. Pense em dedicar pelo menos 30 minutos, quando houver uma necessidade específica e urgente e pelo menos 3 decretos por dia, ou 9, para uma purificação diária. No caso de você identificar níveis muito altos de impregnação do plano astral em sua vida, programe-se para dedicar um vigília de 9 ou 33 dias para Astrea. Aos poucos e com segurança, você vai perceber as mudanças, a leveza que passará a sentir, a limpidez da sua mente e a pureza das suas emoções.

 

Quando for dedicar os decretos para a libertação de outra pessoa, leve em conta o livre arbítrio dela, que pode impedir a ação rápida do Anel e da Espada. Mas, mesmo neste caso, vale a pena insistir, porque a consciência da pessoa que está vitimada pela energia astral foi contaminada e somente com muito trabalho e aos poucos, é que ela poderá ser libertada para que aceite plenamente a requalificação que Astrea está lhe oferecendo. Com o passar dos dias, você perceberá pequenas modificações no comportamento da pessoa que está ajudando, como se pequenos flashes de luz e de alívio começassem a entrar na sua consciência, como raios de sol no meio de uma floresta densa. Prossiga, com determinação, até a total libertação da consciência da pessoa que você está ajudando.

 

Quando for fazer uma sessão especial de decretos para Astrea, dedique um tempo maior para isso. É importante que você possa ter privacidade e sossego para dedicar-se inteiramente a essa ação libertadora. Tendo iniciado a sessão de decretos, não interrompa: vá até o fim, com firmeza e determinação. Siga esta sequência: comece fazendo o Tubo de Luz e também algum decreto de proteção e em seguida o decreto de Astrea, que deverá ser repetido muitas e muitas vezes. O ideal é, após o decreto de Astrea, fazer o decreto pelas entidades e terminar com 10 ave-marias ou o Rosário da Criança, oferecidas a Mãe Maria e finalizar com agradecimentos e o selo. Veja essa sequência aqui. Então, revisando: os decretos preparatórios são o Tubo de Luz e os de proteção. Depois vem o decreto principal, para Astrea, seguido do decreto para as entidades. O Rosário de Maria vem em seguida como um preenchimento de luz para sua aura. 

 

Logo depois do preâmbulo do decreto de Astrea, você poderá inserir a lista de pessoas, lugares e situações onde você deseja que Astrea purifique e liberte. Nessa lista pode consta os nomes das pessoas de sua família, amigos, sua casa, seu carro, seu local de trabalho, sua cidade, o Brasil e o mundo. Durante todo o tempo, poderá dedicar uma vela azul ou branca a Astrea; a vela deverá ser acesa antes e apagada logo que terminar.

 

O decreto de Astrea poderá fazer parte de sua vida, sendo incluído nas suas orações diárias. Isso é uma prevenção, uma proteção em relação às energias inferiores do plano astral. Neste caso, basta fazer o decreto, 3 ou 9 vezes, diariamente, sem necessidade de toda a sequência orientada acima. Em momentos de urgência, ou quando não dispuser de muito tempo para fazer o decreto todo, poderá fazer este fíat, uma ou mais vezes: 

 

Amada e Poderosa Astréa,

em nome do Eu Sou:

desprende-me e liberta-me, 

desprende-me e liberta-me, 

desprende-me e liberta-me

de tudo que está abaixo da perfeição 

e do cumprimento do meu plano divino pessoal.4

 

A MÚSICA DE ASTREA 

 

Astrea recomenda uma música que representa a ação do seu Anel. Trata-se do Concerto em Lá Menor, de Grieg. Ouça a música aqui.

 

Veja o que Astrea diz: “Pela autoridade de Alfa e Ômega, eu lhe digo: quando desejar meditar na ação do Círculo e da Espada de chama azul, medite com o concerto em Lá Menor de Grieg... Porque ele contém a ação do círculo e da espada de chama azul; você pode ouvir as cadências de corte daquele círculo, perceber como ele rodopia ao redor dos seus quatro corpos inferiores, ficando mais e mais apertado em torno do núcleo do ser, até que o magneto de fora e o de dentro lancem no fogo aquelas consciências que permaneceram rebeldes contra Deus Todo-poderoso.”1 

 

VISUALIZAÇÕES 

 

Há tempos encontrei este site muito interessante, que contém um lindo trabalho visual sobre o Anel de Astrea. Indico-o a você. Algumas dessas imagens podem, inclusive, permanecer na tela do seu computador. As imagem são de Svetlana Toukova. Veja-as: http://www.sacredword.org/astrea.html 

 

Para visualizar, forme imagens mentais do Círculo e da Espada de Astrea passando sobre edifícios, casas, famílias, países, pessoas, animais, florestas, mares, continentes, atravessando-os, rodopiando sobre e dentro deles, exorcizando o mal que estiver impedindo a manifestação da perfeição ali. Visualize o relâmpago azul e branco numa ação centrífuga, estilhaçando o mal, desfazendo camadas e camadas de discórdias e de ódio, libertando as multidões das impregnações das energias astrais.

 

Visualize sua família sendo libertada pra viver em harmonia. Veja todos juntos, como numa foto de família, e o Círculo e a Espada de Astrea passando em todos. E enquanto visualiza, vá fazendo as invocações e os decretos. E confie na ação maravilhosa de Astrea e de todos os que trabalham com Ela.

 

Astrea diz: “Eu, Astrea, faço-lhe esta oferta: reze por aqueles que você ama e coloque tantas fotos quanto você desejar em seu altar. E quando você rezar por eles, reze também para todos os demais neste planeta que possam ser libertados por Astrea... que sua voz profira a Palavra falada que é necessária... Apenas uma pessoa rezando, amados, irá nos autorizar a ajudar milhões de almas.''2

 

Ouça o decreto de Astrea em inglês, comandado pela Mensageira da Grande Fraternidade Branca, Elizabeth Clare Prophet, aqui. Muitas pessoas usam este áudio em casa ou no carro, para manter o local livre do plano astral.  Fica muto bom também quando o usamos enquanto fazemos visualizações do Anel e da Espada.

 

O GRANDE ANEL SOLAR 

 

O Elohim da Paz ensina-nos a “fazer” o Grande Disco Solar, - um disco de fogo etéreo - no plexo solar, “o lugar do sol”, o local da paz. O Grande Disco Solar é um poderoso escudo que, ao ser formado, repele instantaneamente discórdias e energias inferiores que possam ser enviadas contra nós ou contra a Luz que representamos. 

 

O plexo solar é um chacra bastante vulnerável às energias do plano astral e por isso, fazer o Disco Solar por meio de visualizações, invocações ou decretos, é uma prática importante porque previne em relação aos ataques do plano astral e, no caso de já termos sido atingidos, ajuda-nos a nos livrar de suas impregnações. Veja como fazer o Grande Disco Solar aqui

 

A MALHA DE ELOS DOURADOS

 

A dispensação da Malha de Elos Dourados foi oferecida pelo Deus e pela Deusa Meru, em 19643. Essa malha é um traçado de luz em torno do planeta, uma espécie de rede formada por elos dourados, para proteger-nos do plano astral.

 

Em 1969, El Morya anunciou uma nova dispensação para reforçar a Malha de Elos Dourados, que passou a ser revestida com flamejantes diamantes branco-azulados. A Malha é um revestimento de luz, um fio tecido com fios dourados que permeia toda a superfície da Terra, acompanhando a sua curvatura, para preencher as brechas na consciência da humanidade e impedir a penetração de substância astral. Ela atua para proteger a Terra, para repelir as energias astrais e torna-la impenetrável às energias inferiores. Veja mais sobre a Malha de Elos Dourados aqui

 

 

COMO RECONHECER A PRESENÇA DE ENERGIAS DO PLANO ASTRAL

 

Podemos reconhecer que essas energias nos atingiram por meio dos sinais da sua presença. Veja alguns desses sinais.

·     Sonolência e olhos pesados em momentos inesperados; sensação que aparece mesmo quando dormimos bem à noite.

·     Bocejos fora de hora, que não estão relacionados à vontade de dormir.

·     Sensação de peso, que não está relacionada com o peso real.

·     Lerdeza mental, como se a mente estivesse agarrada, lenta, difícil de processar os dado.

·     Má digestão sem explicação aparente.

·     Estômago inchado, digestão parada, sem explicação aparente.

·     Dor de cabeça, que aparece subitamente e não está relacionada com outros problemas de saúde.

·     Desânimo repentino.

·     Irritabilidade repentina.

·     Dificuldade de concentração, mente dispersa, sem razão aparente.

·     Pavor, sensação de algo aterrorizante iminente.

·     Confusão mental repentina.

Os sinais de impregnação astral costumam aparecer subitamente e ficar por tempo indeterminado, sumindo quando fazemos alguma coisa efetiva para ficarmos livres dela. Mas, se não fizermos nada para ficar livres delas ou, erroneamente, tomarmos remédios acreditando tratar-se de um problema de saúde, o mais certo é que essas energias negativas alojam-se na aura e a cada dia que passa, tornam-se mais fixas e permanentes. Com o passar do tempo, isso pode gerar verdadeiros problemas de saúde e alterações emocionais permanentes e isso tudo pode provocar dificuldades reais na vida cotidiana, nos relacionamentos e na vida espiritual. Por causa disso, tão logo você verificar que está sob influência de uma energia negativa, faça alguma coisa pra livrar-se dela.

Muitas emoções estão associadas a energias astrais, como por exemplo: depressão, melancolia, irritabilidade, mal humor, auto-aniquilamento, desespero, sentimento de falta de solução para as questões da vida. O mesmo acontece com alguns comportamentos, como a compulsão alimentar e vícios diversos. Nestes casos, possivelmente a impregnação energética tenha se tornado algo permanente, incorporada à aura da pessoa. 

Em todos esses casos, não é 100% certo que o que você está sentindo tem como origem a influência do plano astral; mas a presença desses sinais pode colocar você em alerta, e uma boa análise dos sinais e das suas causas pode trazer as respostas de que você precisa para identificar a origem do mal estar que está sentindo. Onde você esteve, por onde andou? Com quem conversou? Quais sentimentos negativos alimentou? Essas são perguntas que você deve procurar responder. E, tendo concluído que o mal estar que está sentindo tem como provável causa a impregnação pelas energias do plano astral, faça o decreto de Astrea, com forte visualização. Para isso, siga as orientações do início deste texto. 

 

COMO NOS PREVENIR DAS ENERGIAS DO PLANO ASTRAL INFERIOR NO NOSSO DIA-A-DIA

 

Podemos ter alguns cuidados na nossa vida cotidiana, para evitar que as energias inferiores do plano astral entrem na nossa vida. Essas energias astrais são muito pegajosas, acumulam-se em ambientes fechados e escuros, grudam-se onde há muita sujeira e mau cheiro. E são extremamente influenciadas pelos nossos sentimentos. Na verdade, nossos sentimentos e pensamentos negativos atraem essas energias astrais, porque são da mesma natureza delas.

 

Veja algumas dicas práticas.

·     Faxine sua casa regularmente, jogando água, limpando paredes, cantinhos, arredando móveis, lavando almofadas, cortinas e outros tecidos de decoração que estão há muito tempo sem limpeza. 

·     Mantenha sua casa com boa ventilação. Providencie para que as cortinas fiquem abertas durante um tempo, todos os dias, pra que a luz e o ar possam entrar. ·        

·     Mantenha seus armários arrumados; evite o acúmulo de coisas sem usar. Periodicamente tire tudo do lugar, lave e reorganize os objetos nas prateleiras e armários: isso cria movimento e evita que energias inferiores se alojem ali.·        

·     Mantenha sua casa com aromas agradáveis. Coloque plantas. Cuide para que a música que você ouve seja uma boa música. Veja sobre isso aqui. Gritarias, vozes alteradas, barulhos excessivos de aparelhos elétricos, TV e áudios em geral: diminua isso e crie mais silêncio, harmonia e sons agradáveis na sua casa.·        

·     Veja onde você guarda objetos nos quais não mexe há muito tempo e dê uma atenção especial a esse cômodo, armário ou gaveta.

·     Esses cuidados podem ser estendidos ao seu carro. Verifique se você deixou muita coisa acumulada no porta-mala, debaixo dos bancos e nos outros espaços. Mantenha-o limpo e organizado por fora e por dentro.

É importante também que você se livre de possíveis impregnações energéticas que acumulou durante o dia. Tomar banho tão logo chegue em casa é um hábito essencial. A água tem um poder de purificação muito grande e enquanto toma o banho, você poderá invocar a ação de Astrea: sairá do banho com dupla purificação. Evite pegar ou alimentar seu bebê antes de tomar seu banho, pra evitar transmitir a ele essas emanações energéticas que trouxe da rua: os bebês são muito sensíveis a tudo isso. Principalmente, evite preparar alimentos antes de se purificar por meio de um bom banho: você poderá impregnar os alimentos com essas energias inferiores, o que causará indisposição, má digestão e irritabilidade.

Em relação aos cabelos: quando não puder lavá-los no fim do dia, passe a escova ou o pente nele algumas vezes, na intenção de retirar alguma energia negativa que tiver ficado entre os fios, o que é muito comum acontecer nas nossas andanças durante o dia.

 

A roupa de um dia, a princípio, não deve ser utilizada no outro. Quando a peça de roupa não puder ser lavada sempre, como é o caso de ternos e de outras roupas especiais, deixe-as no cabide em área ventilada durante um tempo, para que as energias do dia anterior possam se desgrudar antes que você volte a usá-la. Troque as roupas de cama a cada semana.

 

Há lugares onde a energia astral é muito intensa. Caso tenha que ir a esses lugares, evite ficar muito tempo neles e, se precisar ficar muito tempo, faça os chamados a Astreá antes, durante e depois. Ao entrar em ambientes energeticamente comprometidos, proteja o plexo solar e a coluna e faça um chamado a Astrea para que Ela permaneça com você.

 

Em muitas casas, a televisão e o rádio costumam ficar ligados o dia inteiro. Notícias, sons e assuntos de nível inferior acabam entrando na nossa aura e permanecendo como pano de fundo em nossas vidas. As crianças e também os adultos absorvem esses padrões inferiores e depois moldam seu jeito de ser de acordo com o que ouvem e veem. O ideal é que você selecione o que vai ouvir e ver, incluindo nisso o que vem pela web. Aquilo em que colocamos nossa atenção entra na nossa vida. Então, temos que nos perguntar onde estamos colocando nossa atenção... O mesmo acontece com os carros e com o som dos ambientes públicos, onde as pessoas que são responsáveis por eles, muitas vezes, atraem o plano astral e a violência para esses espaços.  

 

Finalizando, essas são as principais dicas para que você evite que as energias inferiores do plano astral atinjam você: 

 

 

1-   Faça diariamente o decreto de Astrea. 

2-   Faça diariamente o Grande Disco Solar por meio da visualização, do decreto ou de um simples chamado.  

3-   Invoque a ação da dispensação da Malha de Elos Dourados pelo menos uma vez por semana. 

4-  Mantenha vigilância sobre seus pensamentos e sentimentos, impedindo que eles se nivelem com a consciência das massas. Evite pensamentos negativos e conversas que possam abrir portas para o plano astral.  

5-   Escolha com atenção os locais onde vai sempre e evite aqueles com muita contaminação astral. No caso de precisar ir a esses lugares, siga as instruções passadas no texto acima. 

6-   Mantenha hábitos de higiene física e energética para você, sua casa, seu local de trabalho e seu carro. 

 

Pode parecer muito trabalho, mas tomar esses cuidados tornam nossa vida mais tranquila, evita problemas de relacionamento, ajuda-nos a manter nossa dignidade e nossa integridade. O mundo está muito confuso e se pudermos ficar imunes a essas confusões, evitaremos que a degradação entre em nossas vidas. Com a prática, esses hábitos de preservação da energia pessoal e dos lugares que frequentamos tornam-se corriqueiros e deixam de ser algo trabalhoso e difícil. E os resultados vão fazer valer a pena o esforço do aprendizado.

 

Veja aqui, para completar seu estudo, um excelente texto do livro The Masters and their Retreats, sobre Astrea e Pureza.

 

___________________________________________________

 

1; 2 Trechos extraído de The Masters and their Retreats, Mark L. Prophet , Elizabeth Clare Prophet,Corwin Springs, MT, USA, Summit University Press, 2003, p.291-294.

3   Pérola de Sabedoria - vol 48, nº 22 - parte 9. Publicação de Summit Lighthouse do Brasil

 

4  Trecho do decreto de Astrea, Summit Lighthose do Brasil

 Blog de rafaelababy : ✿╰☆╮Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄ƷTudo para orkut e msn, Barrinhas divisorias
 
"Sigamos o exemplo da borboleta e façamos a nossa metamorfose para uma vida plena de alegria, felicidade e abundância - Irene Ibelli"
 
Irene Ibelli 
Empreendedora Digital, Humanista e Espiritualista
Eleita Cidadã Planetária Pelo Projeto
Vôo da Águia

Nenhum comentário:

Postar um comentário